O Centro de BTT da Ferraria de São foi o primeiro a ser sinalizado em Portugal segundo as normas internacionais que vieram a dar origem à homologação pela UVP/ Federação Portuguesa de Ciclismo. É uma infraestrutura turística e desportiva dirigida aos praticantes de BTT, independentemente da sua condição física e técnica, sendo de utilização gratuita, à exceção dos banhos e das lavagens de bicicletas. O Centro de BTT é constituído por um edifício dotado de balneários, instalações sanitárias, área informativa e uma zona para lavagens e pequenas reparações das bicicletas. Dispõe de uma rede de trilhos cicláveis e devidamente sinalizados num total de mais de 150Km, divididos em quatro níveis de dificuldade (verde-fácil; azul-moderado; vermelho-difícil e preto-muito difícil).